Anuncie Aqui Topo 728x90

Secretária de Cultura de São Pedro é denunciada por crime de intolerância

Edilucia teria dito que não considera matriz africana como cultura. Secretária foi afastada do cargo.

Por Redação. em 09/12/2020 às 07:57:26

Teve confusão durante do prêmio reunião do Prêmio São Pedro da Aldeia de Cultura Viva. A produtora cultural Juliane Cristina de Oliveira, foi até a delegacia de São Pedro da Aldeia e registrou boletim de ocorrência contra a atual secretária de Cultura do município, Edilucia Marques. O fato aconteceu na segunda-feira (7).

A produtora está acusando a secretária de Cultura de ter cometido crime de intolerância. Isso porque Edilucia teria falado durante a reunião, que não considera matriz africana como cultura e ainda teria desafiado a produtora a fazer uma macumba.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informou nesta terça-feira (8), o afastamento da servidora efetiva Edlúcia Marques do cargo de Secretária Adjunta de Cultura do Município.

A Prefeitura lamentou o ocorrido na sessão pública para julgamento das propostas culturais do Prêmio São Pedro da Aldeia Cultura Viva, na Casa da Cultura, e informou que repudia qualquer tipo de discriminação, se solidarizando com todos que se sentiram ofendidos pelo comportamento da servidora.

A gestão reforçou que políticas públicas igualitárias devem ser baseadas em princípios de respeito e valorização da diversidade.

Aos agentes culturais participantes do Prêmio São Pedro da Aldeia Cultura Viva, a Prefeitura tornou pública a decisão da Comissão de Editais do Prêmio por anular os votos da parecerista Edilucia Marques.

De acordo com a Prefeitura, só serão válidas as avaliações dos demais pareceristas da seleção, sendo dois representantes do Poder Público e dois integrantes da Sociedade Civil.

O LN está aberto para que a outra parte envolvida se posicione sobre o assunto.

Comunicar erro

Comentários